Fiscais do Creci fazem operação em Flexeiras, Murici e União dos Palmares

A equipe de fiscalização do Creci-AL fez uma grande operação em sítios e loteamentos, nos municípios de Flexeiras, Murici e União do Palmares, na sexta-feira (16), sob orientações do presidente e diretor de Fiscalização do órgão, respectivamente Edilson Brasileiro e Jorge Júnior.

Como resultado da operação, os fiscais fizeram autuações por exercício ilegal da profissão, advertências pela falta de documentação e apreensões de material de propaganda, além de algumas orientações a sociedade.

Em Flexeiras, uma falsa corretora foi autuada por exercício ilegal da profissão. Ela ainda estava anunciando imóvel de terceiro, com a finalidade de fazer o trabalho de venda. Após a autuação, os fiscais a orientaram a retirar a propaganda e fazer um curso de TTI (Técnico em Transações Imobiliárias), condição para ser corretor de imóveis.

Em Murici, os fiscais constataram uma empresa sem ter registro do Creci, representando e desempenhando as atividades de uma imobiliária da cidade. Como o proprietário, ou representante, não estava no estabelecimento comercial, nem tampouco foi localizado, a fiscalização emitiu autos (débito e PJ) a serem enviados por meio de AR.

Com o apoio do delegado representante do Creci na Região, José Veríssimo, em União dos Palmares, os fiscais realizaram um trabalho de investigação em três loteamentos, localizados na entrada do município.

Eles apuraram denúncias pela prática de exercício  ilegal da profissão e outras irregularidades no local. ‘‘Um homem, conhecido na região como “Bam-bam”, foi denunciado de ser falso corretor, tentamos localizá-lo e não conseguimos, mas continuamos no seu encalço“, garantiu Ronaldo Júnior, coordenador de Fiscalização.

Fotos:

 

Rolar para o topo